top of page

Copy realmente precisa de gatilhos mentais?

Atualizado: 7 de dez. de 2021


A maior disputa que existe atualmente é a seguinte:


Copy com gatilhos mentais X copy com uso de estratégia e emoção.


E como copywriter eu quero falar um pouco sobre este assunto que acabei vendo em uma discussão em um grupo de copywriters que eu estou.


Mas, primeiramente eu preciso te falar algo muito importante…


Copywriting não é só gatilhos mentais e também não é só emoções e estratégias.


Você pode achar que eu to ficando meio doido, mas vou te explicar o porque e aí você vai me dizer se estou louco ou não(rsrsrs).


Copywriting como já falei por aqui neste blog nada mais é que a habilidade de escrever comunicações persuasivas que fazem com que os leitores tomem uma determinada ação.


Ou seja…


Você escreve levando a pessoa a comprar algo que tem real necessidade para ela.


Só quero que não confunda copywriting com o que aquele vendedor chato fez com você de te fazer comprar algo que você nunca vai usar.


Ok, agora que você entendeu que copywriting não tem nada parecido com aquele vendedor chato vamos ao assunto importante que eu falei.


Para o copywriting ser compreendido é necessário entender alguns fundamentos e também conhecer o comportamento das pessoas.


Mas quais os fundamentos?

O copywriting precisa ter como base os seus principais fundamentos que são:


  • Pesquisas;

  • Elementos;

  • Contextos;

  • Estratégias.


Pelo que eu já entendi e estudei, vejo esses quatro pontos como principais focos para se entender de verdade sobre copywriting.


Vou te explicar cada um deles.


Pesquisas


Essa é a parte mais importante para toda e qualquer pessoa que pretende ter resultados e também sucesso em suas copy´s.


E a pesquisa consiste em simplesmente dar a atenção necessária para conhecer alguns pontos:

  • Público;

  • Mercado;

  • Produto.

E sobre o público eu entendo que você deve conhecer o melhor possível sobre ele, suas dores, seus desejos, vontades, dificuldades, saber o que eles querem e como são, idade, sexo, onde mora, e vários outros pontos.


Tudo sobre o público ajudará em seu copy.


Sobre mercado você deve saber qual é a procura por esse produto ou serviço, quantas empresas têm resultados, principais concorrentes, leis sobre divulgação desse mercado, como falar sobre isso, se possível fale com pessoas dessa mesma área.


Isso vai ajudar a te trazer maior conhecimento.


Sobre o produto o ideal é que você tenha acesso a ele e assim possa entender sobre o que fala e o que pode ajudar, veja também o que os alunos ou pessoas já falaram sobre esse produto ou serviço.


A etapa de pesquisa é a mais complicada de todas e a que demanda mais tempo, mas sugiro que você anote tudo que achar na pesquisa para que tenha um maior arsenal na hora de fazer a copy.



“Mergulhar no assunto que você deve fazer o copy vai te ajudar a alcançar maiores resultados e a criar um copy mais sucinto.”


Elementos


A parte que vai realmente te dizer se você é um copywriter é aqui.


Conhecer os elementos e saber como usá-los é de extrema importância.


Quais são esses elementos?


Os elementos são:

  • Headline;

  • Lead;

  • CTA;

  • Fechamento.


Para que você possa entender esses pontos indico que olhe as postagens anteriores onde falo sobre esses assuntos.


Headline é a parte que vai chamar a atenção do seu leitor.


O lead é a parte que eu ainda não trouxe aqui, mas é nessa parte que você vai usar para explicar ao leitor e fazer com que ele enxergue o problema e tenha interesse na sua solução.


O CTA é uma parte onde você irá chamar o seu leitor para tomar uma ação.


Fechamento é simplesmente o que você pode acrescentar para fazer com que as pessoas vejam que você realmente está falando a verdade e a sua solução é a melhor.


Mas para entender tudo isso precisa de prática e conhecimento.


Além de existirem alguns modelos de estrutura de copy´s que você pode utilizar.


Após esses pontos você irá aprender sobre os gatilhos mentais que servem para que você entenda algumas formas de atingir o seu leitor com algumas atitudes inconscientes ou conscientes do cérebro.


E um ponto que é esquecido é como atingir as emoções das pessoas, mas isso é um assunto para depois.


Essa parte é a de estruturas para criação de copy que já tem que estar na sua mente.


Contextos


Essa parte é a mais simples para você compreender.


Você sabe que sempre que vamos conversar mudamos a forma de falar dependendo da pessoa que falamos e o meio que vamos usar para falar, correto?


Isso é óbvio.


E você pode usar o seu texto persuasivo de diversas formas.


Pode usar para criar um VSL(video sales letter), Página de captura, Pagina de vendas, E-mail, Story em vídeo, Legenda para postagens, Etc.


E para cada um desses contextos existem suas variações de utilização e como você irá atingir o seu público.


E você como um copywriter ou iniciante deve entender e saber como essa mudança pode ser feita em seu texto.


Estratégias


Essa parte é importante e todos independente de serem copywriters ou não devem entender.

Aqui consiste simplesmente em entender de verdade sobre as estratégias de marketing digital ou de marketing.


E para isso é preciso aprender sobre marketing com pessoas que realmente sabem do que falam e sugiro que procure estrategistas digitais para aprender melhor.


Bom agora que eu te falei o que eu acho importante vamos voltar ao assunto que eu estava falando.


Copy com gatilhos mentais X copy com uso de estratégia e emoção.



Vamos lá


Entenda que quando você entende as emoções do seu público você consegue ter uma qualidade melhor no seu texto e ter maior conversão.


Com os gatilhos mentais, se você for a pessoa que fica sempre pensando qual gatilho eu coloco aqui ou qual eu colocar ali isso vai te fazer ter um texto sem conexão e sem sentido.


Entenda que os gatilhos são um meio para que você consiga ativar algumas emoções específicas.


Quando você realmente ver que ao escrever o seu copy os gatilhos mentais estão colocados sem ser de maneira mecânica em seu texto vai ver que o texto segue uma linha de raciocínio que leva o leitor a comprar de você .


E maioria das pessoas compram pela emoção e não por que você usou o gatilho x ou y.


Resumindo…



Quando aprende os gatilhos e entende eles você usa eles no meio da sua comunicação e assim consegue que o seu leitor tenha emoções durante a leitura e assim fica mais simples de ele tomar uma atitude.



Mas lembre-se que isso não dá a certeza que o seu copy vai converter, pois só dá para saber após fazer os testes.


O que você achou deste conteúdo?



Me conta o que achou lá no meu instagram:


Não esquece que eu quero ajudar você a ter resultados maiores usando copy.


21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Copywriting Simples

Quando buscamos entender essa palavra pode ser difícil imaginar que é realmente simples.

6 livros que todo copywriter deve ler!

Vou passar nessa postagem algo que já vem sendo pedido há algum tempo. Mas, quero deixar bem claro que essa lista de livros é somente uma parte do que você deve ler e essa é uma visão de acordo com os

bottom of page